Buscar
  • contato24803

Intraempreendedorismo: ferramenta de desenvolvimento e resultado nos negócios

Atualizado: Out 30



Ter Colaboradores motivados, que buscam desenvolvimento contínuo, entusiasmados e com foco em resultados. O sonho de todo acionista é contar com colaboradores que se comportem como verdadeiros donos do negócio. Tecnicamente, essas pessoas existem, se comprometem em solucionar problemas, gerar valor para a companhia e contribuir para o sucesso das equipes. São o que chamamos de intraempreendedor. Eles são colaboradores valiosos que aplicam os princípios essenciais do empreendedorismo às tarefas que lhes são atribuídas. Depois de conversar com muitos proprietários de startups, me aprofundar em diversos estudos e analisar o crescimento de múltiplos empreendimentos, ficou claro que tê-los a aumenta a taxa de sucesso dos negócios.


Existem três tipos: criadores, executores e implementadores. Recomenda-se a empresas ter pelo menos um de cada. O criador é aquele que apresenta ideias, o executor se concentra nas tarefas que precisam ser realizadas, enquanto o implementador garante que tudo seja concluído com sucesso.

Aqui estão cinco maneiras de identificar intraempreendedores que, em sua maioria, são:


1- Solucionadores de problemas natos;

2- Motivados, dispensam ser informados sobre o que devem fazer diariamente;

3- Inovadores que nutrirão o negócio de ideias que possam ser transformadas em realidade;

4- Motores de crescimento que no geral estão sempre prontos para mudar seu curso para acomodar mudanças para impulsionar o crescimento.

5- Habitualmente confiáveis, humildades, autoconsciência e com senso de propósito.

Uma cultura empresarial que promove o pensamento empreendedor interno começa com um líder que o exemplifica. Se quiser incentivar o intraempreendedorismo na sua empresa, seja transparente, confie a seus colaboradores e inclua-os nas decisões.


Recompense o comportamento proativo e corrija os problemas à medida que surgirem.

Por fim, delegue! Um líder centralizador simplesmente mata a cultura intraempreendedora. Conceder autonomia e sinalizar a todo colaborador que ele poderia e deveria passar mais tempo próximo ao cliente, para solucionar seus problemas é a chave do sucesso para a alta performance como força motriz da organização.

Loredana Lacava – Sócia Diretora da Connect Flow - Gestão Estratégica de Negócios

1 visualização

55 11 5102 4729 

R. Luigi Galvani, 42 - cj 42 - Cid. Monções, São Paulo - SP, Cep 04575-020 - Brasil

©2017 by Connect Flow - LL Gestão Empresarial Ltda.